Entrevista com Luís Alexandre Fuccille

Luís Alexandre Fuccille é professor da UNESP na graduação e pós-graduação (PPG em Relações Internacionais San Tiago Dantas e PPG em Planejamento e Análise de Políticas Públicas), possuindo mestrado em Ciência Política pela UFSCar, doutorado em Ciência Política pela UNICAMP, pós-doutorado em Ciência Política pela USP e pós-doutorado em Relações Internacionais pela Universidad Complutense de…

Brasil e a cidadania de consumo – Parte III

Como o fator desigualdade de renda configura-se como um grande obstáculo para a construção de uma cultura cidadã no país, é importante observar como ela se desenvolveu nas últimas décadas. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), a desigualdade de renda no país vem caindo desde 2001. No final do ano…

Quando a solidão vira pauta política

Por: Pedro Silva Antes de começar este texto, gostaria de perguntar a você, caro leitor: O que se define como solidão? Para a psicologia, a solidão pode ser definida de forma sucinta como: “Uma resposta emocional ao isolamento complexa e geralmente desagradável. A solidão normalmente inclui sentimentos ansiosos sobre a falta de conexão ou comunicação com outros…

Depoimentos da Equipe do DN – Aniversário de 3 anos

Continuando as comemorações do aniversário de 3 anos do Diário das Nações, reunimos alguns depoimentos da nossa querida equipe, que nos ajuda a manter vivo este projeto: “Fazer parte do DN tem sido uma experiência maravilhosa. Estar atenda aos acontecimentos internacionais, tem aberto meus olhos cada vez mais para o mundo que vivemos, e pensar…

Agenda 2030: entre o sonho, a falácia e a utopia

Por: Karina Thotusi Em 2015, na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), líderes mundiais de 193 países se reuniram a fim de discutir os desafios e metas globais para os próximos anos, com vistas à promoção do desenvolvimento sustentável em suas diversas dimensões. Como resultado, foi assinado o documento intitulado “Transformando o Nosso…

A diplomacia papal no contexto da mensagem ‘Urbi et Orbi’ de Páscoa

Em uma Basílica de São Pedro praticamente vazia, com exceção de alguns poucos convidados, colaboradores próximos e os cardeais da Cúria Romana – o governo administrativo da Igreja Católica –, o papa Francisco presidiu, no último domingo (04), a segunda Missa de Páscoa no contexto da pandemia de Covid-19. Ao final da celebração – que…

Os novos caminhos da política externa brasileira pós-2020 – com Tanguy Baghdadi

No primeiro episódio do DN CAST conversamos com o professor Tanguy Baghdadi sobre os rumos da política externa brasileira pós pandemia da COVID-19. Debatemos diversos assuntos do sistema internacional ressaltando os posicionamentos recentes do corpo diplomático brasileiro em uma série de temas, desde o Mercosul até a OCDE, passando pelos BRICS e terminando no Instituto…

A Convenção de Singapura sobre Mediação: Benefícios e Tendências

Ao analisar o ordenamento jurídico global, não é difícil perceber que as normas de Direito Internacional – tanto de Direito Público ou Privado – buscam priorizar as relações pacíficas, oferecendo soluções e mecanismos para facilitar harmonização nas relações transnacionais. Acerca do Direito Internacional Público podemos citar, por exemplo, a Carta das Nações Unidas, cujo artigo…

Meio Ambiente do Trabalho e Políticas Públicas no Brasil

O crescimento econômico e industrial, verificado após a segunda metade do século XVIII, teve impacto direto nas relações de trabalho e no modo como ele é desempenhado.  Após a Revolução Industrial, os trabalhadores passaram a ter condições precárias de vida e de trabalho, e este foi o fator decisivo que os levou à organização de…

Migrações Internacionais

O fluxo migratório internacional cada vez mais tem se intensificado como resultado de vários fatores, desencadeando diversos problemas socioeconômicos, mas também desenvolvendo benefícios. As migrações podem decorrer de: situações econômicas, sociais e políticas; melhores oportunidades de emprego e de qualidade de vida; possibilidades de educação não disponíveis no país de origem; segurança pessoal e social,…

A diplomacia bolsonarista na pandemia de Covid-19

A pandemia de Covid-19, além de ser uma crise sanitária e mundial, movimentou a esfera da política internacional em diversos âmbitos, tanto organizacional quanto interno dos Estados. A diplomacia, os ministérios de Relações Exteriores e as relações, tanto bilaterais quanto multilaterais, viram-se, mais do que nunca, necessárias para que um novo normal ou, pelo menos,…

Economia e Sustentabilidade – Uma análise da obra de Ricardo Arnt

Esta é uma breve análise que busca especialmente despertar o interesse em se estudar como o princípio da sustentabilidade pode ser relacionado com a economia de mercado. A obra de Ricardo Arnt, “O que os economistas pensam sobre a sustentabilidade” é composta de entrevistas realizadas pelo autor, nas quais quinze diferentes economistas brasileiros comentam sobre…

A Cidadania no Século XXI – Parte 2

Apesar do texto da Constituição Federal ter englobado os direitos que constituem a cidadania total ou integral, ao longo do século XXI percebeu-se que a maioria de suas garantias ainda estão muito longe de serem entendidas ou ainda, cumpridas. O maior empecilho para a construção da cidadania no país ainda permanece sendo o mesmo do…

Jogos Mortais e o Dilema do Prisioneiro

Lançado em 2004, a saga Jogos Mortais (Saw) se consolidou como um clássico do terror e suspense. Presos em armadilhas mortais elaboradas pelo serial killer conhecido como Jigsaw, os jogos se concentram na tomada de decisão de um ou mais jogadores que precisam fazer escolhas difíceis e dolorosas para salvarem suas vidas e/ou de outra…

Os vigaristas internacionais de Great Pretender

Por: Luiz Eduardo Moreira Ainda que nós não percebamos, as relações internacionais estão mais presentes nas nossas vidas do que podemos imaginar. Em várias ocasiões neste mesmo blog, inúmeros textos tentaram explorar as infinitas possibilidades das análises de internacionalistas. E aqui vai mais uma delas, com o anime ‘Great Pretender’, disponível na Netflix. A história…

O Egito de Nasser na Literatura: Governança Além do Bem e do Mal

Contexto Histórico Como cidadãos de uma comunidade, todos queremos, quando necessário, expressar nossa indignação em um espaço cívico contra possíveis abusos de poder. No entanto, adotando o conceito crítico de T.S. Eliot, “correlativo objetivo” – que o autor deve compartilhar seus sentimentos de forma implícita, ao invés de explicitamente – o autor egípcio Sonallah Ibrahim…

A Energia Nuclear no Brasil

A energia nuclear é uma das mais limpas maneiras de geração de energia, sobretudo de eletricidade, apesar de pouco difundida pelo mundo. Segundo dados da Associação Nuclear Mundial, abordados pela Eletronuclear, cerca de 14% da eletricidade gerada no mundo é proveniente nessa fonte. Os países centrais que fazem seu maior uso, a exemplo Estados Unidos…

Você não se resume ao seu currículo acadêmico de Relações Internacionais

Todos ficam apreensivos cursando a graduação de Relações Internacionais quando se trata de currículo acadêmico. Quais matérias fazer, quais as melhores atividades complementares, qual área se especializar…tudo isso e muito mais passa na mente de um estudante. Mas será que tudo gira em torno de um currículo acadêmico? Um bom profissional de RI apenas se…

Hamilton e uma nova visão sobre a história estadunidense

No 4 de julho, os Estados Unidos celebram a sua independência do Império Britânico, e é um dia lembrado pela história por ser a vitória da Revolução que abalou o mundo, desencadeando vários eventos históricos que vieram em seguida. Os “pais fundadores” — como Thomas Jefferson e George Washington — são muito conhecidos na história…

Intervenção Por Convite: definição, limitações e debates

Por @pedroguedes014 Nos conflitos militares que assolam o mundo no primeiro quinto do século XXI, a principal característica é o fato de serem eles do tipo civil, ou seja, o governo central de dado país sendo desafiado por diferentes grupos políticos, étnicos e/ou religiosos, que buscam para si o poder político e sobre as estruturas…

O mercado financeiro de Londres e o Brexit

O período de transição do Brexit encerrou na virada do ano de 2020 para 2021 e agora é possível analisar alguns aspectos que antes eram somente projeções de impacto. O Reino Unido já não faz parte da União Europeia e o histórico centro financeiro mais relevante do continente, Londres, cede lugar ao primeiro polo do…

O que é a Neutralidade de Rede – e por que ela importa

Há poucos anos — em meados de 2017 — foi sancionada, nos Estados Unidos, uma lei que derrubava a chamada “neutralidade de rede”. Na ocasião, tal posicionamento, do então governo Trump, causou diversas polêmicas, uma vez que o fim da neutralidade de rede abriria precedentes para o favorecimento de grandes empresas — tais como Netflix,…

GUERRAS RELIGIOSAS POR MEIO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

Os Cavaleiros Pobres de Cristo e do Templo de Salomão, mais conhecidos como Cavaleiros Templários, foram um exército religioso muito importante na Idade Média. Surgiram durante o século XII, em Jerusalém, com o objetivo de proteger os cristãos peregrinos que buscavam ir à Terra Santa e também oferecer proteção ao papado e o rei. Eram…

A RESSIGNIFICAÇÃO DA NEGOCIAÇÃO DA PANDEMIA DO COVID-19

A negociação é um ponto crucial na política internacional e nacional. No atual cenário a disputa por vacinas e antivirais se  tornou um tema prioritário nas agendas de todos  os Estados do mundo, e além disso a disputa pelo desenvolvimento de tecnologia e da ciência para sanar e controlar o COVID19 se tornou peça chave…

O lado obscuro do multilateralismo onusiano

A ONU hoje é a maior e mais importante organização internacional. Entre suas deliberações está a manutenção da paz no mundo. Ou seja, a ONU tem entre suas responsabilidades impedir conflitos bélicos e trabalhar na resolução diplomática dos conflitos já existentes. Porém, apesar de ter uma soberania derivada dos Estados a partir das problemáticas que…

Análise: Mercosul completa trinta anos em 2021, há o que comemorar?

O Mercado Comum do Sul (Mercosul) é um bloco de integração regional sul-americano instituído a partir da assinatura do Tratado de Assunção, em 1991, por parte da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, doravante denominados “Estados Partes”, dos quais a Venezuela veio a fazer parte a partir de 2006, porém, atualmente, encontra-se suspensa. O Tratado supracitado…

A Constituição Federal de 1988 e a Cidadania no Brasil – Parte I

A Constituição Federal de 1988, a única após a redemocratização, caracterizou-se como a mais liberal que o país já teve, com a expansão de direitos nas três esferas da cidadania – civil, social e política. Diante disso, é necessário analisar as mudanças mais significativas de seu texto.  Um marco muito importante é a eliminação do…

Terrorismo e Islamismo

O terrorismo se insere como uma das pautas mais relevantes para as relações internacionais da contemporaneidade, sendo constituindo como tópico constante e importante na rede de segurança internacional, e também dentro dos âmbitos nacionais. Mas a definição de terrorismo e sua classificação ainda é incerta, e caracteriza desavenças ao ser aplicada, já que certas ações,…

A crise contemporânea do multilateralismo a partir das dificuldades enfrentadas pelas organizações internacionais no século XXI

O multilateralismo enfrenta uma dura crise. Esse diagnóstico é compartilhado por diversos acadêmicos e analistas de Relações Internacionais. Essa crise não se iniciou com a pandemia do coronavírus, mas é um movimento que já vinha acontecendo e só foi ainda mais reforçado nos últimos anos. O objetivo desta análise, portanto, é apontar fatores da atual…

Mundo em Ebulição

Aos que apostaram que a virada do ano traria uma nova fase de renovação e esperança, 2021 não aparenta trazer muitas novidades. Apesar do entusiasmo inspirado pela eleição de Joe Biden ou pela chegada das tão sonhadas vacinas, os indicadores desse início de ano não são muito animadores. Só nessas primeiras semanas que finalizamos, o…

Conflito no Nilo: o que está acontecendo entre Etiópia e Egito?

O rio Nilo tem sido uma importante fonte de vida para pelo menos 11 países africanos, sendo o Egito o seu usuário mais conhecido, principalmente pelas grandes produções históricas que lembram os impérios egípcios e a importância do Nilo neles. Mesmo neste século, o rio Nilo continua sendo de extrema importância para a subsistência, produção…

As cinco crises atuais listadas pelo papa Francisco

Na segunda-feira, 08, o papa Francisco recebeu, no Salão das Bênçãos da Cidade do Vaticano, o Corpo Diplomático acreditado junto à Santa Sé. A audiência com os mais de 180 embaixadores dos países com os quais o governo da Igreja Católica mantém relações diplomáticas constitui um dos eventos mais importantes do ano no pequeno Estado…

A GEOPOLÍTICA DA VACINA

É chegado o ano de 2021 e o mundo continua nos trilhos do combate à pandemia causada pelo coronavírus (SARS-COV-2). No final de dezembro de 2019, casos de uma pneumonia não identificada foram reportados pelo governo chinês à Organização Mundial da Saúde (OMS), com origem na cidade de Wuhan. Logo na segunda semana de janeiro,…

Democracia Sitiada & Bebedeira Autoritária: Os Vagalumes de Washington

Como internacionalista, logo, como escravo da atualidade, tenho estado a pensar no efeito do acontecido em Washington. Compartilho com vocês minhas reflexões sobre o tão ecoado assalto à democracia mais antiga e talvez ilusória do mundo. Mas por que falar demasiadamente desse evento? Porque, a priori, testemunhamos um evento histórico. São eventos desse gênero que…

Recursos naturais como causadores de conflitos: O caso das Colinas de Golã

As Colinas de Golã são uma faixa de terra localizada no sudoeste da Síria que é pouco povoada e montanhosa, controlada em sua quase totalidade por Israel. Entretanto, até meados de 1967, toda a região das colinas era considerada território Sírio, tendo perdido esse status quando foram ocupadas por Israel na Guerra dos Seis Dias….

Iniquidades, pobreza e saúde: o caso do Brasil

Co-autoria de Henrique Gabriel G. Oliveira Desde a década de 2000, o Brasil vem efetuando um trabalho intenso de combate às desigualdades presentes na sociedade. Comprovando as consequências desse movimento político e social, o relatório publicado em 2017 pela Organização Pan-Americana da Saúde demonstra as principais mudanças em diversos indicadores básicos entre os anos de…

O 5G e a Guerra Fria do séc. XXI

Co-autoria de Henrique de Mattia A implementação da 5ª Geração das redes de telefonia móvel promete um grande salto no desenvolvimento tecnológico mundial, possibilitando usos para a rede mundial de computadores dignos de ficções científicas. Com uma velocidade de download 20x maior do que a tecnologia 4G, a tecnologia 5G também consegue praticamente zerar o…

Ação judicial pela Amazônia e pelo Clima

No dia 11 de novembro de 2020, foi apresentada ao Supremo Tribunal Federal – STF, uma ação socioambiental ADPF – Arguição de descumprimento de preceito fundamental. Esse tipo de ação refere-se a evitar ou reparar lesão a algum preceito fundamental da Constituição Federal resultante de ato do Poder Público. Essa ação, apresentada ao STF, foi…

A queda de braço entre a União e as Unidades Federativas e municípios quanto à vacinação contra a Covid-19: um possível elemento de implosão do Pacto Federativo?

A administração pública brasileira, estruturada com a Constituição Federal de 1988, foi organizada sob as diretrizes do Pacto Federativo, que dividiu as atribuições, responsabilidades, direitos e financiamento entre o Governo Federal, os estados (Unidades Federativas) e os municípios. Esse “pacto”, também conhecido como Tese ou Teoria Federalista [1], tem como objetivo evitar a concentração de…

A questão da União Europeia na problemática da migração

Em setembro de 2020, a União Europeia aprovou o novo pacto migratório, visando o compromisso dos 27 Estados membros de compartilhar a gestão de fluxos migratórios por meio da vigilância das fronteiras externas e uma escalada na expulsão de migrantes irregulares. O primeiro elemento do pacto é a Agência Europeia de Fronteiras (Frontex), que pretende…

Ernesto Araújo e os rejeitos da ordem liberal

Com menos de um ano à frente da pasta, o chanceler Ernesto Araújo já havia promovido um severo desmantelamento da imagem do Brasil construída ao longo dos governos Fernando Henrique Cardoso e Luís Inácio Lula da Silva. Imagem de um ator que segundo os autores de “The Dumb Giant: Brazilian Foreign Policy under Jair Bolsonaro”,…

O Estado como formulador e maior bem protegido das formulações estratégicas

A queda da noção feudal de cidade-estado culmina na ascensão da concepção de Estado Absoluto. Esse, em consequência, amparado na Razão de Estado, passa a ser o maior bem protegido de formulações estratégicas. Inicialmente, o Estado é expresso na dinastia. Dessa forma, o indivíduo, em busca de paz, renuncia à liberdade em nome do Estado,…

O fascismo ontem e hoje: o uso do termo em ambiente acadêmico

A Itália do pós-Primeira Guerra Mundial não parecia ter muitas alternativas. Assolada pela guerra, enfrentando uma crise econômica fortíssima, a dificuldade de conversão da economia de guerra para a produção civil e uma população obviamente descrente nas instituições e na política, seguiu pelo caminho mais complicado. Como uma solução para as crises do país, o…

A geopolítica da vigilância da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA): A espionagem da América Latina como recurso de poder

A vigilância feita pelos EUA, mais especificamente por sua Agência Nacional de Segurança (National Security Agency, NSA), não vem de hoje. Ela remonta o período da Guerra Fria e da desconfiança entre os Estados, tendo surgido em 1952. Contudo, sua importância e atuação aumentaram ainda mais após os ataques do 11 de setembro de 2001,…

O ITAMARATY POR UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA (III): UMA ANÁLISE DO ARTIGO “DIPLOMACIA E CONSTRUÇÃO INSTITUCIONAL” DE ZAIRO B. CHEIBUB

Para finalizar esta série de três textos, abordaremos o terceiro e atual estágio da política externa brasileira enquanto instituição. Parte-se da crise administrativa do Barão do Rio Branco, ou seja, a problemática de sua figura autoritária frente à infraestrutura do Itamaraty e sua relação com o MRE nos encadeamentos decisórios. Até o final da década…

O ITAMARATY POR UMA PERSPECTIVA HISTÓRICA (II): UMA ANÁLISE DO ARTIGO “DIPLOMACIA E CONSTRUÇÃO INSTITUCIONAL” DE ZAIRO B. CHEIBUB

Após compreender melhor a primeira fase do processo de constituição do Itamaraty e do Ministério das Relações Exteriores no Brasil, identifico que o autor passa então a introduzir o escopo do que seria o segundo período. São mencionadas segundas interpretações que não consideram esta fase como uma distinta da política exterior brasileira imperial, mas como…

O Estado do Amapá, ao sofrer o com o apagão, tornou-se um estado falido?

Normalmente pouco lembrado pelo noticiário nacional e pela população das regiões Sul e Sudeste, o Estado do Amapá tornou-se, ainda que brevemente, o centro das atenções no início do mês de novembro de 2020. Não que isso tenha ocorrido naturalmente ou por algum motivo positivo, mas sim após pesada mobilização cibernética e por algo infeliz….

Wakanda e as Relações Internacionais – Parte 3 – e o nosso Brasil?

Camila Andrade Iniciado com o primeiro texto sobre aspectos introdutórios e o segundo sobre o lugar da África nas Relações Internacionais, a série “Wakanda e as Relações Internacionais” finaliza com sua parte três, a qual trará aspectos sobre nossa realidade: onde está o Brasil nisso tudo? É um bom exercício para percebermos as conexões entre…

REFLEXÕES SOBRE A ECOPOLÍTICA INTERNACIONAL E A SUA INFLUÊNCIA NO DESENVOLVIMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS

Karol Rabelo  Os maiores problemas da humanidade, atualmente, envolvem questões de proteção ao meio ambiente, que refletem tanto na atuação nacional, como na atuação internacional de cada Estado. Para compreender a dinâmica das relações internas e externas de um Estado no que tange às questões ambientais, primeiramente devemos ter em mente que as decisões de…

A CONTRIBUIÇÃO DOS PAÍSES PARA O ORÇAMENTO DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS

Bárbara Vicentini Camargo A Organização das Nações Unidas (ONU) é a principal Organização Internacional, contando com quase a totalidade dos países existentes como países-membros. Dessa forma, todos os países-membros devem contribuir com um valor, dentro de sua realidade econômica e de desenvolvimento, para manutenção das estruturas da instituição. A proposta de reforma da ONU defendida…

Protestos pró-democracia na Tailândia monárquica

Por Mayara Amaral de Andrade  Em 15 de outubro de 2020, o Governo Tailandês emitiu um decreto que determinava estado de emergência no país devido à série de protestos que se intensificaram nos últimos meses. A principal determinação do decreto proíbe a reunião de cinco ou mais pessoas, o que, teoricamente, inibiria a presença de…

ÁSIA-PACÍFICO E O MAIOR BLOCO ECONÔMICO REGIONAL DO MUNDO: RCEP

A China é uma economia em desenvolvimento e crescimento que toma cada vez mais força e influência dentro do cenário internacional, e mesmo com a pandemia do covid-19, é um Estado que segue alcançando seus objetivos e metas. Neste fim de semana, no dia 15 de novembro de 2020, após oito longos anos de negociação,…

A POLÍTICA EXTERNA BRASILEIRA ANTE O COLONIALISMO NORTE-AMERICANO

A partir da ascensão dos EUA como uma nova potência mundial localizada no continente americano, a vigente concepção econômica e ordem política do sistema internacional foi alterada. Se antes os países dedicavam seus esforços comerciais para a Europa, a partir do início do século XX essa lógica de relacionamento precisou ser alterada. Com o surgimento…

Bolsonaro e a politização da vacina

A última grande polêmica envolvendo o presidente Jair Bolsonaro aconteceu neste mês de novembro, com a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de suspender os testes da  CoronaVac. Essa vacina contra a Covid-19 está sendo desenvolvida pelo Instituto Butantan (Governo de São Paulo) em parceria com o laboratório farmacêutico chinês Sinovac. A Anvisa…

O Itamaraty por uma perspectiva histórica (I): Uma análise do artigo “Diplomacia e construção institucional” de Zairo B. Cheibub

Na série de três publicações, analisaremos parte da tese de mestrado, arranjada em forma de artigo, “Diplomacia e construção institucional: o Itamaraty em uma perspectiva histórica”, de Zairo Borges Cheibub, pensador das relações exteriores brasileiras e da consolidação do campo de profissionalização da carreira diplomática. O objetivo do autor neste trecho é costurar os marcos…

A Dimensão moral das eleições estadunidenses

Desde o dia 03 de novembro, estamos acompanhando as eleições na maior potência do mundo. Com todos os seus desdobramentos, das apurações à judicialização, as eleições são descritas pelos especialistas como “histórica” e “de extrema importância”. Entretanto, essas declarações não acontecem só em razão do número recorde de eleitores registrando seus votos, mas porque essas…

Joe Biden venceu. E agora?

Após quase uma semana de incertezas, diversos cenários projetados e uma disputa acirradíssima, as eleições estadunidenses demonstraram um veredito: Joe Biden é o 46º presidente eleito dos Estados Unidos da América. Apesar de ser uma figura antiga dentro da política, tendo servido como vice-presidente durante o governo de Barack Obama (2009 – 2017), o Democrata…

ECOCÍDIO: DEFINIÇÕES E IMPLICAÇÕES

Com a atenção e preocupação do mundo voltadas cada vez mais ao meio ambiente e sua importância a toda a vida, conceitos como ecocídio surgem para tipificar atos prejudiciais tanto ao meio ambiente, como a todos os seres que vivem e dependem dele, como os seres humanos. A questão se encontra na dificuldade de caracterizar esta definição como crime em si, já que sua abrangência encontra âmbitos dos efeitos do avanço econômico e tecnológico, e sua restrição pode resultar na impunidade de atores que cometem danos severos a ecossistemas inteiros.

Crescimento populacional: solução ou problema?

Os estudos demográficos defendem que há três formas do montante populacional de um determinado lugar ser modificado: o aumento ou queda dos nascimentos, da mortalidade e da rede migratória (emigração e imigração). Pensando na conjuntura populacional e demográfica atual, as principais formas de modificação da pirâmide populacional dos países atualmente se concentram na taxa de…

NSAKU NE VUNDA, o Primeiro Embaixador Negro na Europa – Memória e Diplomacia

Apesar do meu apetite por entender o presente e pela própria natureza de minha formação como internacionalista – dependente dos acontecimentos contemporâneos –, me inclino com frequência sobre o pretérito. Nesse escrito, queria compartilhar com vocês, leitores, a quase perdida biografia do primeiro embaixador africano para a Europa no início do século XVII. Através do…

Protestos pró-democracia na Tailândia monárquica

Em 15 de outubro de 2020, o Governo Tailandês emitiu um decreto que determinava estado de emergência no país devido à série de protestos que se intensificaram nos últimos meses. A principal determinação do decreto proíbe a reunião de cinco ou mais pessoas, o que, teoricamente, inibiria a presença de manifestantes. No entanto, os protestos…

A França e a violência sectária: Rumo a uma “Balcanização”?

A morte do professor parisiense, os ataques a duas mulheres muçulmanas e o recente ataque a facadas ocorrido em Nice expõem a dificuldade da sociedade e governo francês em lidar com o islã e seu passado colonial.  Nos últimos dez anos, aumentou consideravelmente o número de atentados conta cidadãos e instituições francesas dentro e fora…

O movimento feminista e a nova constituição chilena

Após meses ocupando as ruas do Chile, neste domingo (25), a população celebrou a conquista obtida de sua principal demanda: uma nova Constituição. A Constituição vigente no país remonta a década de 1980 e a ditadura de Augusto Pinochet, contexto em que foi redigida. Desse modo, mesmo com inúmeras alterações, ainda vigora o papel residual…

REFORMA DO CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU

Este ano, no dia 24 de outubro, a Organização das Nações Unidas completou seu 75º aniversário. Se em termos materiais já haveria muito a dizer sobre a principal organização internacional em termos de paz, segurança, cooperação, desenvolvimento e direitos humanos, é importante notar que alguns tópicos sobre o funcionamento das Nações Unidas têm sido deixados…

A RELIGIÃO E A POLÍTICA EM THE BOYS

A reflexão empírica é uma práxis que pode ser exercitada durante vários períodos do nosso dia. Se partimos do pressuposto de que tudo o que acontece é fruto de uma determinada narrativa, é possível extrair os mais diversos significados das nossas atividades corriqueiras, como ver uma série, ler um livro ou até mesmo ouvir uma…

EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS SE TORNAM CADA VEZ MAIS RECORRENTES

Mudanças climáticas podem alterar a frequência das chuvas, causar o aumento dos períodos de seca e propiciar eventos extremos, como desbarrancamentos, queimadas, enchentes, vendavais, furacões, derretimento da calota glacial e outros. A ocorrência desses eventos em locais socialmente, economicamente e ambientalmente vulneráveis pode gerar desastres ambientais e humanos sem precedentes e com impactos incalculáveis.  O…

UM OLHAR PARA A NOVA ZELÂNDIA SOB O COMANDO DE JACINDA ARDEN

Por Maria Nathália Itagiba Fonseca (Escrito em parceria entre Diário das Nações e Carel) No momento contemporâneo, Jacinda Arden tem ganhado popularidade não apenas ao redor do mundo, mas principalmente entre os neozelandeses. Tanto é assim, que no último dia 17 de outubro a primeira-ministra foi reeleita para gerenciar o país. A aprovação de seu…

Eleições municipais 2020: o que o eleitor precisa saber

Esse ano, no mês de novembro, acontecerão as eleições municipais no Brasil, ou seja, a eleição para prefeitos e vereadores. Diante disso, ocorreram mudanças por conta do aumento do uso das redes sociais e do cenário de pandemia que o mundo vive. Para votar com segurança e estar consciente de sua decisão, é necessário estar…

Edifícios sustentáveis: um caminho para o crescimento econômico

Os edifícios sustentáveis são a visualização prática do conceito NetZero, do inglês Zero Energy Building (ZEB). São consideradas construções que produzem a energia que consomem ou grande parte desta, tornando-se independente de outras fontes, não somente enérgica, como hidricamente. O custo para implementação dessa infraestrutura não é dos mais baratos, mas varia conforme uso, sendo…

Mercosul no contexto da pandemia

A pandemia do Covid-19 trouxe diversas incertezas para todo o mundo, em diversas áreas, e com este cenário incerto, blocos de integração regional como o MERCOSUL são fundamentais para a troca de experiências e para que haja uma resposta rápida a esta situação, garantindo a saúde e segurança de todos os cidadãos, principalmente na região…

História do Brasil – Um resumo da Política Externa Brasileira na Era Vargas

Getúlio Vargas era visionário, mas não por ter dado início à industrialização no Brasil. Já existiam indústrias no Brasil, mas eram feitas através dos “surtos industriais”; em momentos de crise da economia internacional e quando havia dificuldades na importação, surgiam indústrias tentando produzir aquilo que antes se importava. A grande visão de Vargas foi que…

Apaan Jaat: A fratura étnica na vida política da Guiana

Um “estranho no ninho” sul-americano. A Guiana, esse pequeno país caribenho de 782.766 habitantes, com PIB de US$ 4,28 bilhões (segundo dados do Banco Mundial de 2019) ladeada a oeste pela Venezuela, a leste pelo Suriname, ao sul pelo Brasil e ao norte pelo azuláceo Mar do Caribe. País anglôfono, onde também se falam enormemente…

QAnon: a teoria da conspiração na política

Há três anos, em outubro de 2017, surgia um novo movimento que se tornaria um importante ator político nos Estados Unidos da América e que, em 2019, viria a ser considerado uma ameaça doméstica de terror pelo FBI: o QAnon. Tem como lema “Where we go one, we go all” (ou a hashtag WWG1WGA), que…

ALMANAQUES ATEMPORAIS – A Vacilação Coletiva em Perspectiva Histórica

A simples vida seguida de ano, década ou século não nos remete a um exame de consciência; mas crises, sim. Crises tornam nítidas questões antes embaçadas pelo tempo. A vacilação coletiva acarreta ao espírito um espetáculo mais largo e profundo do que a vida ditada pela impessoal transição do calendário. A imprensa diária não tem…

Ecofeminismo: o que é e a que se propõe?

Para compreender do que se trata o ecofeminismo, primeiro é necessário saber sobre as suas raízes e causas. Desta forma, é importante iniciarmos destacando que, por questões culturais, socioeconômicas e biológicas, as mulheres podem ser mais afetadas pela devastação do meio ambiente do que os homens. Um dos indícios de que essa afirmação é verdadeira…

Histórico e desafios do Mercosul — Parte 2

Por Matheus Carrijo Na primeira parte da análise, foi desenvolvido um desenho histórico da formação do Mercosul, contextualização necessária para compreender as configurações do bloco hoje em dia. É perceptível ainda, como cerne da análise, a ineficácia de uma política econômica suficientemente integrada, motivo pelo qual demonstra a nomenclatura indicar um Mercado Comum, que, na…

Wakanda e as Relações Internacionais – Parte 1 – Aspectos Introdutórios

Há um mês, nos deparávamos com a notícia de que Chadwick Boseman, o T’Challa do filme Pantera Negra, tinha falecido nos Estados Unidos. O choque da notícia foi sentido em muitos lugares, especialmente no Brasil, e hoje será iniciado um conjunto de três textos da série “Wakanda e as Relações Internacionais”. Neste primeiro texto, serão…

Princípios das Relações Internacionais – Asilo Político – Final

Por Maria Nathália Itagiba Fonseca Hoje, finalizamos os nossos estudos sobre o artigo 4º da Constituição Federal, o qual traz consigo os princípios norteadores das relações internacionais no Brasil. Como último princípio, temos o inciso X, que estabelece a concessão de asilo político. Vamos buscar entender de maneira sucinta algumas características acerca desse instituto tão…

China e Soft Power

Nas Relações Internacionais é comum encontrarmos os conceitos de soft power e hard power para definir o poder de um país em relação aos demais. O hard power é o poder “duro”, significando o poder militar e econômico que o país pode exercer na esfera internacional. Já o soft power, chamado de poder brando, diz…

As queimadas no pantanal e a negligência do governo

Há dois meses, o Pantanal está em chamas, caracterizando um dos maiores incêndios da história. Ainda na metade do mês de setembro, a região já bateu o recorde de queimadas para todo o mês, com 12.703 focos ativos de incêndio, segundo dados de satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Até o momento, 15%…

Os Direitos Humanos no sistema capitalista

“De fato, como o bem estar material e os produtos dos avanços da ciência, os DH não podem ser universalizados pela simples razão de que o motor da economia-mundo capitalista é a competição interestatal e intercapitalista. E a competição, em essência, é o esforço dos competidores para gerar desigualdade.” (VIEIRA, 2017, p. 168)

Protestos na Bielorrússia: a crise estampada na bandeira

Por Alinne de Oliveira Ross             Nas mãos dos opositores bielorrussos o símbolo é só um: a bandeira branca e vermelha tomou conta das ruas de Minsk desde a sexta reeleição de Alexandre Lukashenko para o executivo no dia 09 de agosto. Clamando pela saída do presidente e por novas eleições livres e justas, o…

História do Brasil: um resumo da política externa brasileira na Primeira República

No final do século XIX, aconteceram mudanças significativas no Sistema Internacional. A Alemanha e os Estados Unidos (EUA) começaram a emergir, prosperando economicamente, avançando na integração de seus territórios. Em 1870, uma grande crise capitalista foi causada pelo primeiro excesso de superprodução. A industrialização avançava na Europa, muita gente produzindo manufatura e pouca gente conseguindo…

A Declaração de Teerã e a Mediação Turco-Brasileira

As discussões acerca do desenvolvimento de tecnologia nuclear pela Parte iraniana acenderam um alarme no sistema internacional (especialmente dos Estados Unidos), visto que era sugerido pelas potências que o enriquecimento de urânio poderia vir a ameaçar a paz e segurança no globo. O Irã, no entanto, argumentava que o enriquecimento do material seria para fins…

A Transição Epidemiológica

Desde os humanos pré-históricos a humanidade sofreu muitas mudanças para que pudéssemos estar onde estamos hoje, em um mundo com mais de 7 bilhões de habitantes, altamente tecnológico e conectado. Provavelmente nossas características biológicas não tenham mudado substancialmente (HORIUCHI, 1997), porém as mudanças na vida humana podem ser vistas e vividas a todo o momento….

Os Desafios da Federação Russa nas relações com os estados do “Near Abroad”.

Quando os países que antes compunham a União Soviética aparecem nas manchetes internacionais, é comum aparecerem também relatos quanto ao envolvimento da Federação Russa, seja pressionando o governo local a fazer alguma concessão ou em apoiá-lo contra manifestações da oposição. Com conotação negativa, estes mesmos relatos apontam como motivo dessa interferência russa nas ex-repúblicas motivos…

A política ativa e altiva de Celso Amorim

Celso Amorim, um dos maiores nomes da diplomacia brasileira na atualidade, teve grande destaque como Ministro das Relações Exteriores durante o governo Lula, entre 2003 e 2010. Assim que assumiu o cargo, Amorim afirmou que a Política Externa do Brasil deveria ser ativa e altiva. A partir daquele momento, o país não temeria tornar-se protagonista,…

Uma breve análise sobre a Guerra do Ópio e o Imperialismo

A Guerra do Ópio foi um conflito que ocorreu entre a Grã-Bretanha e a China dentro do contexto do imperialismo e neocolonialismo da segunda metade do século 19, envolvendo mais uma vez a forte presença ou penetração do Ocidente no Oriente. É importante levar em consideração que a China desde o século XVII mantinha uma…

Princípio das Relações Internacionais: Cooperação entre os povos para desenvolvimento da humanidade – parte 9

O artigo quarto da Constituição Federal conta com um rol de dez princípios norteadores das relações internacionais no Brasil. Hoje, quase concluindo nossos estudos, abordaremos o nono princípio ali elencado: a cooperação entre os povos para o desenvolvimento da humanidade. Em primeiro turno, cabe ressaltar que o termo “cooperação” é abrangente. Ao se falar em…

Direitos Humanos no Brasil

Os direitos humanos no Brasil começam a ser aplicados principalmente a partir da redemocratização, com o fim do período de ditadura militar. Embora em âmbito internacional os direitos humanos já existissem mais formalmente desde a criação da ONU, no Brasil é apenas na Constituição de 1988 que os direitos humanos serão formalizados. A Constituição de…

Entrevista com Fernanda Nanci

Doutora em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP/UERJ), mestre em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2011), especialista em Gerenciamento de Projetos pela Universidade Federal Fluminense (2014) e graduada em Relações Internacionais pelo Centro Universitário La Salle – RJ (2008). Atualmente é coordenadora e professora do curso…

O livre-arbítrio e a predestinação em Game of Thrones

A série de TV Game Of Thrones é sem dúvida um dos maiores fenômenos da TV mundial, responsável por trazer grandes dilemas éticos e políticos para os seus telespectadores, a obra de George R. R. Martin, adaptada por David Benioff e D. B. Weiss, garante um debate extenso acerca das suas idiossincrasias filosóficas e também…

Histórico e desafios do Mercosul – Parte 1

Desde o final da guerra fria, a configuração do sistema internacional retornou à esfera do multilateralismo, por certo diferente do cenário das guerras do século XX e mais caracterizado pelo desenvolvimento de organizações internacionais e regionais. Os processos de integração de países têm sido símbolo do estudo das Relações Internacionais contemporâneas. Logo, compreender um pouco…

Reforma Tributária: Entenda a proposta de Guedes para taxar livros

Nas últimas semanas, a reforma tributária proposta pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, gerou inúmeras críticas. Em especial, porque a primeira parte da reforma elimina a isenção do pagamento de tributos de contribuição para o mercado de livros no Brasil. A reforma propõe a unificação da cobrança do PIS/Pasep – Programa de Integração Social e…

A psicologia nas relações internacionais: possibilidades

Se você já leu sobre ou é da área das Relações Internacionais, percebeu que nós internacionalistas falamos muito de Estado. O Estado é o que rege as interações sobre as quais nos debruçamos e o que nos permite observar na prática conceitos como fronteiras, governo, democracia, ditadura. É o que permite, em suma, que exista…

Tráfico Internacional de Mulheres para fins de Exploração Sexual

O tráfico de pessoas ainda é uma realidade bastante comum, utilizado por organizações criminosas transnacionais, detentoras de lucro através do comércio humano. De acordo com o artigo 3º do Protocolo Adicional à Convenção das Nações Unidas contra o Crime Organizado Transnacional, assinado pelos países membros da ONU em 2000, também conhecido como Protocolo de Palermo:…

História do Brasil: um resumo da política externa brasileira no Império

O fato de nosso país ter mantido uma monarquia, enquanto o resto da América Latina já havia adotado sistemas políticos republicanos, sempre fez com que o Brasil fosse um pouco isolado no continente, fazendo com que fosse perceptível uma dificuldade do reconhecimento nos brasileiros em serem latino-americanos. O Brasil surgiu, basicamente, como um acordo para…

Eleições no Belarus: de suspeitas de fraude à pesada repressão policial

Por: Pedro Guedes As últimas eleições ocorridas no Belarus (também conhecida como Bielorrússia) tomaram conta dos noticiários internacionais. Não apenas pela vitória do atual presidente, Alexander Lukashenko, mas também pelas pesadas suspeitas de fraude na apuração dos votos. Entre as figuras políticas do país a levantar essas acusações, está a segunda colocada no resultado final…

Transição demográfica: estruturas diferentes, estágios diferentes

Durante o ensino básico, estudamos, normalmente na disciplina de geografia, sobre a população: como ela é constituída, suas características, suas peculiaridades de acordo com o país ou região em que se encontram, etc. O estudo da população recebe o nome de Demografia, e sua aplicabilidade no cotidiano de toda a população mundial é imensa. As…

O fenômeno do “motherhood penalty” como novo risco da pandemia por coronavírus

Quando se fala sobre o famoso “gender pay inequality”, ou a desigualdade salarial entre homens e mulheres, várias são as perspectivas que são usadas para explicar esse fenômeno, como desigualdade na educação, na representatividade política, entre outros. Ao longo das décadas, progressos derrubaram alguns desses fatores, garantindo maior acesso aos níveis superiores de ensino às…

A estrutura política libanesa para entender o Líbano hoje

Em meio à maior crise sanitária dos últimos tempos, uma pandemia causada pela COVID-19, doença proveniente do coronavírus, o mundo continua presenciando outras tragédias, insurgências políticas, servindo como lembrete de que a vida não parou[1], e que não há o superestimado “novo normal”. No dia 4 de agosto de 2020, ocorreu uma explosão no principal…

Resultado da 1ª fase – Processo Seletivo

Apresentamos aqui os selecionados da 1ª fase de nosso Processo Seletivo. Confiram o documento clicando no botão abaixo e os respectivos e-mails para novas informações sobre as entrevistas. Atentem-se aos prazos estipulados em nosso edital clicando aqui. Para acessar os resultados, clique no botão abaixo: Em caso de dúvidas, por favor, enviar email para: dgg.diariodasnacoes@gmail….

Direitos humanos na agenda de segurança internacional

A agenda de segurança internacional é tradicionalmente pautada por questões de segurança do Estado, uma visão estadocêntrica das Relações Internacionais. Entretanto, no pós Guerra Fria, com o fim das grandes ameaças entre Estados Unidos e URSS, essa preocupação com a segurança do Estado deu lugar a novos temas de segurança internacional, como é o caso…

A influência do Novo Coronavírus no multilateralismo

Por: Arthur Martz As relações internacionais, como todos já sabem, são observadas através das interações dos atores no sistema internacional, é claro que essa concepção muda de acordo com o entendimento ontológico de cada vertente dessa ciência. Entretanto, nos dias de hoje, os relacionamentos interestatais se dão quase que exclusivamente através da comunicação multilateral. O…

A coalizão OMS-China: uma análise do documentário do Spotniks

Com roteiro de Rodrigo Silva, edição de Lucas Palma e Erick Ribeiro, o Spotniks —  que, em minha opinião, é um dos veículos de comunicação independentes mais sérios e competentes que o Brasil possui, sempre apresentando análises qualificadas — divulgou uma matéria essencial para compreendermos a complexa relação entre a Organização Mundial da Saúde e…

A industrialização na América Latina

Por: Mariana Mayor Lima A industrialização na América Latina é caracterizada como incipiente, tardia e de substituição de importações. Tais características estão relacionadas entre si e diretamente ligadas às elites latino-americanas, como a cafeeira no Brasil, e à conjuntura existente no período da industrialização. No início do século XX, o mundo vivia um momento de…

A importância da renovação do Fundeb

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação — Fundeb — é um fundo especial, formado por recursos provenientes dos impostos e transferências dos estados e municípios, vinculados à educação a partir do artigo 212 da Constituição Federal. Para complementação, também ocorre uma parcela de recursos federais…

A COVID-19 no mundo Árabe: outras nuances

A pandemia de COVID-19 tem causado perdas em todas as regiões ao redor do mundo, e não é diferente no mundo Árabe. O Irã foi o primeiro país da região a ter casos confirmados e é considerado o epicentro regional da doença, seguido pelo Paquistão e depois a Arábia Saudita, com números bem próximos aos…

Entrevista com Marianna Albuquerque

Marianna Albuquerque é Doutora em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Político (Iesp-Uerj) e Mestra em Ciência Política pela mesma instituição. Em sua tese “Potências Médias Emergentes e Uso da Força: Brasil e Índia no Conselho de Segurança das Nações Unidas (1946-2012)”, estudou o comportamento dos membros não permanentes do Conselho de Segurança…

Processo Seletivo – Diário das Nações

O Diário das Nações está com inscrições abertas para o nosso Processo Seletivo. O objetivo da página é distribuir notícias sobre assuntos nacionais e internacionais, produzir conteúdo com responsabilidade, seriedade e integridade jornalística. Nosso projeto teve início em 2018 e temos colaboradores espalhados por todo o Brasil, que realizam atividades sempre em caráter remoto. O…

Ausência da Palestina no Google Maps: perpetuação do colonialismo?

Por: Ana Gabriela Reis O regime de direito internacional vigente na atualidade foi estabelecido no século XX, e dentro do seu conjunto de normas encontram-se premissas que regem as relações entre os Estados no sistema internacional. Mas, além disso, o Direito Internacional prescreve, ainda, as noções de autodeterminação dos povos e, consequentemente, o fim do…

As grandes interpretações da Política Externa Brasileira

Por Nathan Oliveira Grandes autores brasileiros contribuíram de forma a caracterizar e definir o comportamento da política externa brasileira (PEB) ao longo dos anos e tentar estabelecer padrões de como o Brasil se insere no cenário internacional durante os períodos analisados. Amado Cervo, Gelson Fonseca Jr., Maria Regina Soares de Lima, Letícia Pinheiro e Monica…

Congresso Nacional: apêndice do Executivo?

“Na opinião do líder do PMDB na Câmara, Michel Temer (SP), está se repetindo uma tradição da história constitucional brasileira. Na nossa história, quem provoca o Congresso é o Executivo. Ele é o deflagrador do processo, declarou o peemedebista. Temer diz que toda a ideia de poder, no Brasil, está ligada ao Executivo. Isso é…

Bolsonaro é genocida?

É verdade que a irresponsabilidade do presidente frente à pandemia é revoltante. Isso levou muitas pessoas a comentarem na internet que, pondo em risco as vidas brasileiras ao violar deliberadamente as orientações para prevenção e contenção do covid-19, seria um genocida, de forma que deveria ser julgado internacionalmente pelo Tribunal Penal Internacional. Vamos entender um…

Posicionamentos do Brasil durante a Primeira e a Segunda guerras mundiais

Com o fim do Império e a Proclamação da República, o Brasil alterou o foco no seu relacionamento com outros países, deixando a Europa e mirando na própria América, sobretudo nos Estados Unidos. Ainda assim, no momento inicial da Primeira Guerra Mundial, o país se manteve neutro. Quando teve seus navios atingidos por torpedos alemães,…

Hong Kong: ex-colônia e futura ex-região autônoma?

Hong Kong tem uma história interessante. Devido às Guerras do Ópio, no final da década de 1830, tornou-se colônia britânica. Durante a Guerra do Pacífico, em meio à Segunda Guerra Mundial, foi ocupada pelo Japão, assim como outras regiões do entorno. Com o fim da guerra, voltou a ser colônia britânica até o ano de…

A sombra do Czar sobre a Rússia moderna

Por 300 anos, a Rússia foi governada por uma dinastia autocrática, com uma gigantesca desigualdade social e a supressão de liberdades individuais. Os Romanovs não criavam reis, mas Czares, imperadores supremos que detinham um imenso poder. Um desses czares se chamava Alexandre II da Rússia, conhecido como “O libertador”, o qual procurou fazer uma abertura…

Sanções Unilaterais no Direito e na Política

No direito, sanção pode ser definida como “punição ou medida repressiva ou restritiva imposta visando à garantia do cumprimento de uma norma jurídica”. (BAUMBACH, 2014) De acordo com o direito internacional, as sanções devem ser multilaterais, aplicadas por um conjunto de Estados ou uma Organização Internacional, geralmente no âmbito da Organização das Nações Unidas (ONU),…

Refugiados no contexto da pandemia do novo coronavírus: riscos e vulnerabilidades

A pandemia da covid-19 tem mostrado à população mundial que estamos estamos cada vez mais expostos a doenças epidemiológicas, e, principalmente, que alguns grupos possuem uma tendência de serem afetados mais que outros. Em países de portes baixo e médio, esses que possuem os mais variados obstáculos, há uma maior dificuldade no enfrentamento à atual…

Princípios das relações internacionais: defesa da paz — parte 6

Em nossos estudos sobre os princípios das relações internacionais, discorremos sobre alguns preceitos diretamente ligados ao princípio da soberania: Independência nacional, prevalência dos direitos humanos; autodeterminação dos povos; não-intervenção e igualdade entre Estados.